Entrevista: Bryan Dias

Olá, pessoal!

Hoje trago para vocês a primeira parte do especial sobre World of Humans: uma entrevista feita com o autor, Bryan Dias.

Projeto Redação: Primeiro parabéns por vencer a enquete

Bryan: Valeu cara.

Projeto Redação: Tipo, o placar foi de arrasa quarteirão, um verdadeiro blockbuster à lá Inception.

Bryan: Obrigado mesmo.

Projeto Redação: Então, de onde veio a ideia para criar o WoH?

Bryan: Então, a ideia surgiu de tanto eu ver filmes com o mesmo gênero da história, de eu ler várias coisas a respeito de alguns fatores que me influenciaram demais para a criação do WOH , como teorias apocalípticas , fatos que estão ligados a sobrevivência humana também. Algo que me influenciou bastante foi a escola, porque lá eu lia textos excelentes , que me davam mais vontade de escrever e treinar , para um dia , criar um livro que possa a vir a ser um “best seller”.

Uma coisa que me influenciou bastante foi o fato de eu sempre, desde quando era pequeno, imaginar como seria o mundo se só eu existisse nele. Esse fato me chamava muita atenção, pois na minha infância, teve momentos que eu pensei nisso cerca de 7 horas sem parar, imaginando como a minha vida seria caso somente eu existisse. É algo para se pensar… Eu acho.

Projeto Redação: Realmente é uma situação interessante

Uma coisa que eu notei é parece haver um certo tom que remete aos filmes do Romero.

Já assistiu algum deles ou é só coincidência?

Bryan: Vou ser sincero, nunca vi nenhum filme do Romero , desculpa , acho que é coincidência…

Dois filmes que eu me inspirei E MUITO para fazer o WOH foi “Eu sou a lenda” (cujo estou lendo o livro agora) e “Resident Evil” que é um clássico, suponho.

Fora isso o que me inspirou e garanto que vai ficar mais visível no decorrer da série foi H.P. Lovecraft (pai do terror), Sthepen King (afilhado do pai do terror) e repudiem ou não, J.K. Rollowing e Stephenie Meyer , pois ainda terão no WOH cenas de romance , ação , terror muito pesado , aventura e de tudo um pouco , foi isso que quis criar no WOH , um ambiente que englobe todos os gêneros em um só, para que agrade todo mundo. Esse é meu objetivo.

Projeto Redação: Lovecraft era realmente muito bom.

Bryan: Ainda é né, tirando o fato de estar morto.

Projeto Redação: Uma pergunta que não quer calar: Todos os protagonistas têm nomes muito comuns, exceto por uma…

Usando as palavras de um dos leitores: “Por que Kimberly?”

Bryan: É, eu imaginava essa pergunta. Então, no começo do WOH , eu namorava uma menina exatamente igual a Kimberly em suas aparências físicas e também psicológicas, devo adicionar. Eu amava muito ela, foi uma pessoa muito importante na minha vida. Ao mostrar para ela, essa personagem estava sem nome, e eu perguntei para ela, que nome eu deveria dar a esta personagem. Ela me disse “Kimberly” (obs, o nome da minha ex-namorada não era Kimberly, foi ela que me falou esse nome aleatório ) e como um jeito de homenageá-la, de deixar uma marca dela em mim, eu deixei esse nome para ela atribuindo as características dela na Kimberly (e até hoje eu lembro dela , toda vez que vou escrever um novo capítulo e a correção de palavras automáticas do Word me avisa que Kimberly está errada , e no caso, “Kibely” também está ) .

Projeto Redação: Nossa.  Eu jurava que era porque você era fã de power rangers.

Bryan: (risos) Eu gostava de power rangers quando era menor, mas não foi por causa disso, não.

Projeto Redação: Isso não me surpreende. Você tem alguma técnica especial que usa para escrever?  Muitos escritores escutam músicas que acham que combinam com a cena, outros desenham, enfim, você faz algo assim?

Bryan: Minha única técnica especial que uso para escrever é a intuição. Eu fecho os olhos e vou digitando, sem precedentes. Me concentro e me fecho no meu mundo do WOH. Quando acabo acho que acabei o capítulo (uma de minhas táticas é sempre acabar com um certo suspense, praticamente todos os capítulos , dando assim uma motivação a mais para o leitor ler o próximo capítulo, no caso a próxima edição ) eu reviso todo ele três vezes, corrigindo alguns erros e tal. Mas sempre tem um erro ou outro. É inevitável. Não sou perfeito.

Projeto Redação: Ninguém é.  Só Chuck Norris.

Bryan: (risos) Também acho. E a Megan Fox.

Projeto Redação: Amém!

Bryan: (risos)

Projeto Redação: Você tem algum personagem favorito no WoH?

Bryan: Para mim eu gosto de todos os personagens, todos eles são como fantoches para mim que eu controle do jeito que eu quero. A Kimberly é uma que tenho mais carinho que os outros pelo motivo que já falei acima, Leonardo e Fernando são nomes de meus amigos Larissa eu acho um nome muito bonito. Já João é o que eu menos gosto. Não sei por que ele me lembra um chefe bobo que faz com que suas vontades sejam impostas aos outros, como se ele fosse o chefão. A Larissa é a segunda que eu menos gosto, pois suas características físicas me lembram uma pessoa que não me agradou na minha vida.

A minha personagem favorita NO MOMENTO é o Thiago, não só por ele ser o principal, mas sim pelo fato de suas características psicológicas serem louváveis a um legítimo herói, e pelo fato de eu parecer um pouco com eles em algumas atitudes. Mas a minha REAL personagem favorita ainda não apareceu no WOH, eu estou terminando de compor ela e quando eu liberá-la creio que não há quem não vá gostar dela. Aguardem mais novidades…

Projeto Redação: Beleza…  O que aconteceu? O que são aquelas criaturas? Quem são vocês? O que aconteceu com o mundo?

Bryan: (risos)

Se eu revelar tudo isso, irei acabar com a graça da minha série. Deixo minha intuição falar para vocês nos últimos capítulos. Com o decorrer dos capítulos vocês vão ver o que realmente aconteceu com tudo, e essas perguntas serão respondidas.

Projeto Redação: Mas pegou a referência, né?

Bryan: Qual?

Projeto Redação: Essa frase é dita no quinto capítulo de WoH.

Bryan: (risos)

Quando Thiago fala com João pela primeira vez. Nossa, como não pude lembrar disso, velho.  Deprimente.

Projeto Redação: Acontece

Projeto Redação: E para a pergunta final…

Onde está Carmem San Diego?

Bryan: Como você não sabe? Carmem San Diego está casada com Wally.Agora eu te pergunto , onde está Wally?

Projeto Redação: (risos)

Bryan: (risos)

Projeto Redação: Obrigado pela entrevista, Bryan.  Nos vemos na próxima edição.

Bryan: Imagina, obrigado eu.

Anúncios

23 comentários

Filed under Uncategorized

23 responses to “Entrevista: Bryan Dias

  1. Kimberly

    Bry, isso é tudo muito bom. Deu vontade de ler.

  2. Mog Hunter

    Radical xD
    Tamebm sou outro acompanhando o WOH, gostei da entrevista.
    Boa sorte ao Bryan e que continue com ela o/
    Até

  3. Eirea

    Carmem San Diego está casada com Wally… Tive um troço aqui!
    kkkkkk

    Aliás, que lindo homenagear alguém c uma história!
    *–*
    Sei como é lindi, pq tbm já me homenageram assim… ´}E a coisa mais fofa q alguém pode fzer!
    *–*

  4. Jorge Daniel

    Nossa curti muito a entrevista , acompanho WOH faz um tempinho já , e gosto muito dessa série. Todo o sucesso possível pra ti e um obrigado pra PROJETO REDAÇÃO , por divulgar essa série tão boa. Estão de parabens

  5. Matheus Vieira

    Parabêns Bryan….. gosto muito do WOH ainda estou atrassada na leitura mais a historia é muito envolvente e atraente. Você escreve muito bem. Sucesso cara……

  6. B.K.

    Parabéns cara! Ótima história e ótima entrevista!
    Parabéns! Tá todo mundo ansioso agora! HAHAHAHA!

  7. prefiro manter-me random

    Sinceramente, um livro com um nome como esse vai ser feito para vender, assim como Crepúsculo, sem absolutamente nenhum conteúdo cultural, assim como os vampiros-fadas da série da Stephenie Meyer. Só ao ler o trecho “Então, a ideia surgiu de tanto eu ver filmes com o mesmo gênero da história”, já desanimei do resto da entrevista, em consequência, da própria história.

  8. Esteer

    primero de tuudo parabéns amor,
    muiito show a sua entrvista e seu projeto,
    tuudo de boom pra vc beijos !

  9. Tuka

    realmente, grande iniciativa por parte do Bryan, achei um grande projeto. Sou amigo dele a um tempo já e isso parece ter um futuro promissor. Parabéns pela iniciativa e pela grande vitória na enquete, e pela entrevista! Vai fundo Bryan, abraços.
    WOH é animal cara!!

  10. Julio

    pô Bryan parabéns pelo WOH
    a entrevista tbm foi foda, mto espontaneo voce
    sucesso cara, alias vc escreve mto bem

  11. Thiago

    realmente, Thiago é foda IUAHUIEHUAIEH
    ae mano, muito sucesso nos próximos capítulos da série, e quem sabe um dia publicar, por que não? ;D

  12. Curti a entrevista, e to curtindo WoH também,
    parabéns Bryan, sucesso man \o\

  13. Ju R.

    Adorei a entrevista. Não conhecia a história antes, mas eu vou ler graças a ela. hehe’ Parabéns Bryan, muito sucesso pra você. ^^

  14. Danilo

    Muito legal Bryan vc tá de Parabens de verdade mlk!
    tudo de bom!

  15. Renan Dias

    Poxa bryan , parabéns cara , gosto muito do WOH e curti demais a entrevista. Sucesso.

  16. Francisco

    Nossa adorei sua entrevista,começei a ler WOH e achei fantastico
    Vc assim como eu tive uma” Kimberly”e escrever sobre ela em uma historia isso foi a coisa mais romantica que eu ja vii
    Meus parabéns muito sucesso

  17. Guti

    parabéns Bryan!! WOH é simplesmente foda, não tem outra palavra!!!

    estou acreditando na sua intuição cara!!!

  18. Gustavo Henrique Almeida Valenzuela

    Entrevista curiosa, mesmo conhecendo o escritor, não fazia idéia da origem da Kimberly; estou esperando bastante desse livro.

  19. Dan

    Humm… interessante…

  20. júlia

    parabééns bryy *-*
    continue sempre escrevendo, mas faz uma personagem pra mim, vai D: HASUHSKAAHUSA

    fico orgulhosa de você *-*

  21. “Onde está Wally?” eu ri.
    Me surpreendi na entrevista. muitas coisas que eu na desconfiava

  22. Pierre Miranda

    É maninho.Te conheço a algum tempo e estou vendo que voce continua o mesmo,sempre buscando novas aventuras.Agora que está com essa nova aventura,eu te desejo toda a sabedoria e liberdade para que possa criar,e revolucionar o mundo dos best sellers.Se voce ver que precisa de um brother pra te ajudar em algum momento,ou pra te dar conselhos,só chamar a atenção no msn(risos).Saiba que estarei te incentivando sempre que precisar.Até mais e tudo de bom pra voce.

  23. rafael

    Nossa mano, radical!
    esse bryan é um artista, to lendo WOH e é muito bom, virei fã mesmo, gostei da entrevista também!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s